Florianópolis
Roberto Alves

Roberto

Alves

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

Roberto Alves

Argel Fucks é um bom nome para o Criciúma, mas o time precisa de reforços

Por Roberto Alves

22/02/2018 - 18h24

O técnico Argel Fucks, contratado pelo Criciúma, faz exatamente o perfil que o time está precisando neste momento. Recentemente, ele passou pelo Debate Diário da CBN e disse que precisaria de pelo menos algumas contratações se assumisse o comando do Tigre. Por causa do momento de eliminação na Copa do Brasil e pela situação no Estadual, certamente vai sugerir alguns nomes importantes para compor o grupo. E com certeza vai dispensar alguns nomes. Acredito que Seja uma sacada que demorou a acontecer. O Argel já poderia estar trabalhando no Criciúma, pois teve uma boa passagem por lá e a torcida gosta dele. Mas volto a destacar: se não reforçar, não vai dar jeito. Atualmente, o time do Criciúma é frágil e tem muita dificuldade. Leia todas as publicações de Roberto Alves Veja também: Criciúma anuncia Argel Fucks como novo técnico Em busca do melhor para o Criciúma, Grizzo diz que está com "consciência tranquila" Elvis lamenta queda do Criciúma: "Não tem culpado, perdeu todo mundo" Nos pênaltis, Criciúma perde para o Cianorte e se despede da Copa do Brasil

Continuar lendo

O Oeste abdicou de jogar e o Figueirense soube aproveitar

Por Roberto Alves

22/02/2018 - 02h20

Foi a classificação da raça, da garra, da vontade e da qualidade, sobretudo no primeiro tempo. O Figueirense fez uma boa atuação nos primeiros 45 minutos, mas não repetiu na segunda etapa. Ainda assim, mereceu sair vencedor no confronto contra o Oeste. Das alterações feitas pelo técnico Milton Cruz, só uma fez efeito, que foi a entrada de Jorge Henrique. Ele deu qualdade ao meio de campo do Alvinegro.  Na segunda etapa, o Oeste abdicou de jogar a partir dos 30 minutos. E aí o futebol pune. O Furacão, numa cobrança de falta de qualdiade de Jorge Henrique, encontrou o gol na cabeçada de Cleberson, que foi um dos melhores jogadores em campo.  Menção honrosa Há de se destacar também a grande partida protagonizada pelo Tubarão. Fora de casa, contra um dos grandes do futebol brasileiro, o Peixe vendeu caro a derrota para o Atlético-PR por 5 a 4. Teve a chance e ficou muito perto de chegar na terceira fase, o que seria histórico. Leia todas as publicações de Roberto Alves Veja também: Herói da classificação do Figueirense, Cleberson chora e celebra "volta por cima" Em jogo histórico, Tubarão perde do Atlético-PR  

Continuar lendo

Avaí teve coragem e ousadia para vencer o Brusque

Por Roberto Alves

16/02/2018 - 00h38

O resultado conquistado em Brusque pelo Avaí, na vitória por 3 a 1, foi fundamental para o Leão voltar ao jogo no Campeonato Catarinense. Há de se destacar a coragem e ousadia do técnico Claudinei Oliveira, de colocar dois garotos nas laterais, além de iniciar o jogo com Getúlio, Luanzinho e a turma toda de jovens. Não sei o que o técnico pretende fazer no próximo jogo, com a Chapecoense, mas os jovens deram o recado de que estão aí para contribuir com a campanha azurra. O Avaí mostrou que está vivo na competição. Domingo, contra a Chape, ganha ares de decisão, já que o jogo será um confronto direto para ficar na zona de classificação à decisão. Leia todas as publicações de Roberto Alves

Continuar lendo

Sandro Meira Ricci deixa o quadro da Federação Catarinense de Futebol

Por Roberto Alves

15/02/2018 - 18h57

O árbitro Sandro Meira Ricci, que vai apitar na Copa do Mundo da Rússia, não faz mais parte do quadro da Federação Catarinense de Futebol. A entidade resolveu desvinculá-lo de seu grupo profissionais por discordâncias entre as duas partes. Contratado pela FCF a partir do Estadual de 2015, pelo ex-presidente Delfim de Pádua Peixoto, ele deixa Santa Catarina após três temporadas. A tendência é que siga para o Paraná. Funcionário público, ele deve ser transferido para Itaipu. A discordância entre o árbitro e a entidade se dá por causa de divergências sobre o tipo de contrato. Na antiga gestão, com Delfim, Ricci tinha um contrato em que recebia mensalmente - apitando ou não nas rodadas do Estadual. Na visão da nova diretoria, comandada por Rubens Angelotti, o árbitro deveria receber por partida apitada. Neste ano, Sandro Meira Ricci ainda não havia sido escalado para nenhuma rodada do Estadual, sob justificativa de estar em constantes viagens de preparação da CBF e da Fifa. Leia todas as publicações de Roberto Alves

Continuar lendo

Está faltando qualidade para o Avaí

Por Roberto Alves

12/02/2018 - 20h12

Foi mais um jogo terrível do Avaí na Ressacada o empate por 1 a 1 com o Tubarão na tarde desta segunda-feira. O Leão fez um primeiro tempo absolutamente desencontrado e permitiu que o Tubarão ditasse o ritmo. Na segunda etapa, a equipe azurra apresentou uma leve melhora, mas não suficiente para vencer. Se o Tubarão entrou em campo com o time reserva, o técnico Waguinho Dias deveria promover esta equipe a titular. Pelo que fez no primeiro tempo, deveria ter feito 3 a 0. Foram grandes oportunidades. Fez o gol e obrigou o goleiro Kozlinski a fazer duas grandes defesas para salvar o time da casa. O Avaí continua mostrando fragilidade e teve atuações individuais bastante fracas. Marquinhos não fez boa partida, Martinuccio foi uma caricatura de jogador. Lucas Só, que foi a grande surpresa e não estava comprometendo, foi substituído no intervalo. Volto a bater na tecla de que o time precisa de pelo menos três contratações de peso para se ajustar. Esse tropeço em casa tira qualquer possibilidade de título, até porque começa a se distanciar dos primeiros colocados. E não é só pela classificação na tabela. É porque hoje o Avaí não mostra um time de qualidade, não mostra uma equipe que convença.  Já o Tubarão me surpreendeu. Não consigo entender como este time, com os nomes que tem, está nessa posição no campeonato. Leia todas as publicações de Roberto Alves Veja também:  Avaí e Tubarão encerram com empate o Carnaval do Catarinense 2018

Continuar lendo
Guilherme é um dos bons jogadores da Chape

Somos todos Chapecoense na Libertadores

Por Roberto Alves

07/02/2018 - 12h37

Tudo é possível no futebol, inclusive a Chapecoense se classificar em Montevidéu nesta noite. Claro que terá de fazer um jogo bem controlado, com muita marcação e rapidez no contra ataque. O Verdão jogou muito mal na primeira partida em casa contra o Nacional. Não tem o direito de repetir uma noite tão ruim como aquela.

Continuar lendo
Romulo está mal demais

Show de horrores do Avaí na Ressacada

Por Roberto Alves

01/02/2018 - 09h59

Foi um verdadeiro show de horrores do Avaí na Ressacada, ontem à noite, diante do Concórdia. O Leão enganou o público jogando bem por apenas sete minutos e depois não fez mais nada. O time se descontrolou, se abateu, Kozlisnki foi vaiado o tempo todo e nenhuma das mudanças de Claudinei deram certo.

Continuar lendo
Argel Fucks no Debate Diário

Argel está na área e de olho no Criciúma

Por Roberto Alves

31/01/2018 - 12h28

Quando chego num clube em que o time está mal, não vou dar tiro em formiga, e sim no elefante. Tiradas como esta só podem ser do técnico Argel Fucks, que passou ontem pelo Debate Diário da CBN. Ele vem de um último curso de técnico na CBF, passou pela Europa nas férias, onde assistiu vários jogos, e está de novo por aqui. É nome forte e o principal para assumir o Criciúma – se já não estiver fechado.

Continuar lendo
Roberto Alves

Roberto

Alves

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação
Florianópolis
© 2017 NSC Comunicação